9 de jun de 2014

Diário de uma noiva: o primeiro amor.

Paz a todos.

    Depois que descobri que tenho um noivo e Depois do meu noivado fiquei ainda mais enamorada com meu amado. A cada dia que passava fui conhecendo melhor a ele e a seu amor. O amor dele era imensurável, capaz de dar a sua própria vida por mim.



    Eu anelava por sua presença, na qual eu regozijava de gozo e alegria. Queria saber tudo sobre ele, queria agradá-lo, queria tê-lo comigo a todo instante. "Não há ninguém como tu, incomparável, totalmente desejável. teu perfume me atrai, teu olhar me seduz, tuas mãos me afagam, teu amor me satisfaz".

    Começava a me arrumar mais de uma hora antes de vê-lo. Colocava a minha melhor roupa, arrumava o cabelo, colocava uma bela bijuteria. Quando pensava em roupa noiva, saias, blusas, não era para outro motivo senão para vê-lo. Meus pensamentos estavam todos voltados para ele.

    Minha alegria era tão grande que já não conseguia me conter, comecei a falar dele para os colegas de estudo e para as pessoas que me cercavam. Queria que todos os conhecessem, que vissem o quanto era maravilhoso, forte, amável, companheiro, fiel ... o meu príncipe.

    Estava me fazendo digna para ser uma princesa, oferecendo o meu melhor, buscando agradá-lo em tudo.

    Comecei a pensar em nosso casamento e esperar ansiosamente por este dia. Que dia maravilhoso, queria ver todos os meus entes queridos lá e todos os irmãos da igreja e todos quantos eu conseguisse convidar, que bom seria se todos aceitassem o meu convite.



    Ardente, envolvente, único e epsecial, assim foi meu primeiro amor...



    ... mas com o tempo cai no cotidiano, na rotina do dia a dia ...



imagens retiradas da internet
Beijos e paz.








By Aline Dutra

Nenhum comentário :

Postar um comentário