19 de jan de 2015

O Ano do Jubileu: lendo o velho testamento hoje

Paz a todos,


    Lendo a Bíblia junto com uma pessoa que está lendo pela primeira vez pude me lembrar de mim mesma. Quando li o Velho Testamento pela primeira vez não entendia muito bem as história e não conseguia entender no que aquelas histórias teriam em comum com os dias de hoje. 



    Então hoje vou comentar com vocês sobre o Ano do Jubileu para incentivá-los a ler a Bíblia e deixar que o Espírito Santo te leve para o que está por trás da letra.

    O Ano do Jubileu era um ano comemorativo e acontecia a cada 50 anos! Um ano depois do 7*7 ano de completude.

    Em hebraico a palavra para Jubileu é "yovel" que é o carneiro cujo cifre eles usavam como instrumento para anunciar o começo deste ano de comemoração. Alguns estudiosos dizem que significa "trazer de volta" e nós vamos ver o porque:


  •     A terra deveria descansar Lv. 25. 1-7;
  •     Haveria reintegração de possse Lv. 25. 8-34;
  •     Juros não poderiam ser cobrados Lv. 25. 35-38;
  •     Haveria Libertação/Resgate dos escravos Lv. 25. 38-55.



    Pensa assim, tocavam a trombeta e: escravos e servos eram libertos, prisões eram abertas e presos saiam livres rindo e cantando ... parece loucura não é? Imagina para os donos desses escravos? Imagina quem tinha sofrido prejuízo por causa de algum preso e vê-lo saindo livre?

    Um Ano de Redenção: O "dia da expiação" era o dia do perdão, de esquecer o que ficou para trás. Era tempo de restauração: hoje nossa dívida foi paga através de Jesus, nossos pecados perdoados, SOMOS LIVRES! Livres do pecado que nos aprisionava, livres para adorar a Deus e viver uma vida plena.



    Quando o tempo era chegado, quando chegava o Ano do Jubileu, era determinação e eles não eram livres por ter dinheiro ou por merecimento, eles simplesmente eram livres porque esta era a lei I Pe 1.18,19; Is. 63.1-3. Nós somos salvos pela graça de Deus, não é por merecimento, porque somos miseráveis pecadores, mas nos arrependendo e através de Jesus, sua graça nos alcançou.

    Um Ano de Restituição: a pessoa voltava a ser dono do que era dela: uma terra que tinha perdido, vendido... dívidas eram canceladas. Mais loucura não é? Imagina só, tudo aquilo que você perdeu, que por algum motivo precisou abrir mão, voltando a ser seu, todas as suas dívidas sendo perdoadas. É ou não é uma nova vida?





  Um comentário a parte é que nós sabemos que o que mais importa é permanecer firmes como cristãos


    Havia escravos que abriam mão da liberdade por medo de não sobreviver de não conseguir se sustentar ou mesmo de não se ver não sendo escravo. Você consegue imaginar isso?



    A escravidão não é pra sempre, temos o direito à liberdade. Mas por não confiar em Deus, por deixar as dúvidas do mundo tomar conta, por não se ver com a benção na mão, por não se conseguir ver sem pecar, por se dominar pelo pecado...muitos se afastam de Deus e abrem mão da sua liberdade, para continuarem presos ao
pecado.



    Não desanime a falta de bençãos não é pra sempre Deus já te prometeu chuvas de alegria Joel. 2.23.







imagens retiradas da internet


Beijos e paz.








By Aline Dutra


    

Nenhum comentário :

Postar um comentário