4 de abr de 2016

Sardes a quinta igreja do Apocalipse

Paz a todos,
    Hoje vou comentar com vocês sobre a carta que o apóstolo João escreveu para a igreja de Sardes na era da reforma: século XVII e XVII, uma cidade onde hoje é a Turquia (até da Turquia que conhecemos não sobrou muita coisa) devastada por um terremoto em 17 d.C..
    Sardes, no hebraico "sarid" = remanescente. Capítulo 3 de Apocalipse.

    Saudação
1 E ao anjo da igreja que está em Sardes escreve: Isto diz o que tem os sete espíritos de Deus, e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, e estás morto.
    Lembre que sete significa algo completo, significa que aqui temos todas as características do Espírito Santo, o principal agente do plano de redenção, com poder para restaurar a ordem e a vida.

    Elogios
    Nenhum, suas obras revelaram ser uma igreja "morta".

    Reprimendas
2 Sê vigilante, e confirma os restantes, que estavam para morrer; porque não achei as tuas obras perfeitas diante de Deus.
    Vigiar também significa ser cuidadoso, cauteloso. Aqui a repreensão é que as obras não eram perfeitas, sem defeito, completas, notáveis, excelentes (Rm. 2.6-8). 
    Quantas vezes as pessoas fazem as coisas de qualquer jeito no igreja e falam: É pra Deus, Ele recebe e me entende. SIM Ele entende que você podia ter dado o seu melhor e escolheu fazer de qualquer jeito.
    Deus reprova o serviço mal feito. Deus quer ter a maior importância em nossas vidas, ser ator principal e não coadjuvante.

    Exortação
3 Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. E, se não vigiares, virei sobre ti como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.
    Somente o arrependimento os livraria.

4 Mas também tens em Sardes algumas poucas pessoas que não contaminaram suas vestes, e comigo andarão de branco; porquanto são dignas disso.
    O remanescente, os poucos que restaram firmes na presença de Deus, sem se desviar e firmes em entregar o seu melhor: receberia justiça.

    Galardão
5 O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.
    
    As vestes brancas simbolizam a pureza.
    Cidadão: habitante de uma cidade que goza dos direitos civis e políticos.
    No Antigo Testamento o livro da vida era um registro de todos os que tinham cidadania em Israel. Aqui relaciona-se com a nossa entrada na Nova Jerusalém (Ap. 20.15).

    E vocês já conheciam esta carta? Esta Igreja? O que puderam aprender com ela?


CONTINUAÇÃO: A SEXTA IGREJA!

Beijos e paz.
Imagens retiradas da internet








By Aline Dutra


    

Nenhum comentário :

Postar um comentário